Lançamento de Livros

Proposta para lançamento de livro

Título do livro em negrito (título principal) e sem negrito, título secundário

Autores/organizadores

Editora/Cidade

Ano da publicação (deverá ser obrigatoriamente 2018)

Resumo (com no máximo 250 palavras)

Palavras-chave: (apresentar três palavras-chave separados por ponto)

Encaminhar as informações para o e-mail: epenlivros@gmail.com

Prazo de envio: até 30 de outubro de 2018.
Divulgação final: 05 de novembro de 2018.

Relação de Livros

VIDAS APRISIONADAS. RELATOS DE UMA PRÁTICA EDUCATIVA

Autora: Maria Salete van der Poel
Editora: Oikos Editora - São Leopoldo/RS
Ano: 2018

Resumo: Neste livro, Salete, revisita os diários de classe e demais escritos feitos durante a sua atuação como pesquisadora e educadora com privados de liberdade em presídios de João Pessoa na década de 1980.
Perceber, vivenciar e relacionar-se com as pessoas, os acontecimentos e as tensões da prisão a inquietavam. E foi a partir dessa inquietação, aliada a humanidade e curiosidade típicos dela, que foram sendo construídas relações de respeito e humanidade, que após as ações pedagógicas, eram igualmente registradas a mão em cadernos que ficaram guardados por anos, “Após a publicação da minha dissertação de mestrado, estes escritos ficaram guardados no fundo de um dos meus armários e eu acreditava que estas não seriam histórias boas o suficiente para serem partilhadas. Nestas páginas havia muito mais que informações pedagógicas, haviam anotações e relatos sobre a vida e sobre o poder humanizador da educação.” Com a ajuda e o olhar aguçado de amigos professores, ela se deu conta da enorme força humana e social que estavam presentes nestes relatos e decidiu coloca-los para o mundo. “Foi um processo emocionalmente complicado para mim. Relembrar as histórias, escolher quais delas entrariam no livro, buscar informações recentes sobre estas pessoas... Tudo isso mexia com minhas emoções.” Resultando em um livro onde encontramos muito mais que informações sobre o ensino e aprendizagem com jovens e adultos no contexto da privação de liberdade, encontramos a humanidade e as singularidades encontradas nos detentos e percebemos a força avassaladora que há na educação até no “cemitério dos vivos”.

Palavras-chave: Educação Prisional. Educação de Jovens e Adultos. Relato de Experiência.


EDUCAR PARA REGENERAR A RAÇA :processos de racialização dos alunos das escolas primárias de Pernambuco (1911-1945)

Autora: Adlene Silva Arantes
Editora: EDUPE- Editora da Universidade de Pernambuco- Recife
Ano: 2018

Resumo: Nesta obra analisam-se as práticas de racialização às quais os alunos das escolas primárias pernambucanas (grupos escolares e escolas isoladas) foram submetidos no período de 1911 a 1945. A narrativa foi construída a partir de fontes históricas diversas à luz da Nova História Cultural. Vários estudos antropométricos foram realizados com o objetivo de estabelecer o biótipo do escolar pernambucano, baseados em discussões, comumente racializadas.

Palavras-chave: Escolas primárias. Racialização.Higienismo.


PEDAGOGIA SOCIAL: UM HORIZONTE EDUCATIVO PARA CONTEXTOS DIVERSOS

Organizadores: Maria Gerlaine Belchior Amaral
José Amiraldo Alves da Silva
Maria Thaís de Oliveira Batista Editora: IMPRECE/ Fortaleza-CE
Ano: 2018

Resumo: A atuação do pedagogo em espaços não escolares se configura como uma resposta da Pedagogia às múltiplas demandas sociais inerentes ao tempo presente. Empiricamente é possível constatar que práticas socioeducativas se efetivam em espaços diversos que estão para além dos muros da escola. Assentamentos, sindicatos, presídios, igrejas, casas de acolhimento de crianças e adolescentes, CRAS, CRAMs, ONGs, Centros comunitários, estes são alguns exemplos de demandas nas quais são requeridas ações pedagógicas. No que se refere à Pedagogia Social, esta se constitui como a dimensão da Pedagogia que está incumbida da tarefa de pensar as práticas educativas em contextos diversos que supere o assistencialismo e, acima de tudo, assuma caráter emancipatório e libertador capaz de transformar as pessoas por ela assistida e fazê-las sentir-se sujeito de direitos da sua história, da sua cultura e do seu meio social. A atuação do pedagogo nestes espaços torna-se imprescindível em função de sua profissionalidade. O graduado em Pedagogia é o profissional que dispõe da formação capaz de promover o desenvolvimento da pessoa humana em diferentes contextos e nas diferentes fases da vida. Assim, produzir e socializar conhecimentos no âmbito da Pedagogia Social configura-se como meio concreto de contribuir para o aprimoramento do itinerário formativo dos estudantes de Pedagogia. O livro está organizado em duas partes. A primeira traz um referencial teórico acerca da Pedagogia Social, abordando os fundamentos epistemológicos, os aspectos históricos e legais. A segunda parte é composta por relatos de práticas socioeducativas em contextos diversos. Boa Leitura!

Palavras-chave: Pedagogia Social. Pedagogo. Espaço Não Escolar.


PRÁTICAS INOVADORAS NA EDUCAÇÃO: EDIFICANDO SABERES, SIGNIFICADOS E SIGNIFICAÇÕES

Autores:Cristiane Patricia Barros Almada, Francisco José Chaves da Silva; Maria Lúcia Vieira Farias; Adriana Antero Leite; Germana Castro Barbosa; Edilenes Lins Zózimo; Manoel Zózimo Neto; Maria Gorete Pinheiro Dantas de Oliveira; Maria Marta Ferreira Calaço; Marilândia Ferreira Calaço do Carmo. Editora: Expressão Gráfica e Editora Fortaleza-Ce – COEDIÇÃO: Edufip
Ano: 2018

Resumo: O livro "Práticas Inovadoras na Educação: edificando saberes, significados e significações" é uma idealização de professores que concluíram o mestrado na Universidade da Madeira- Portugal. Os artigos publicados são embasados literalmente nas pesquisas que direcionaram as dissertações produzidas na Linha de Inovação Pedagógica. Apresenta propostas de inovação abrangendo desde fabril até os princípios norteadores das revoluções culturais, passando pela quebra de paradigmas como modelo das dinâmicas descontinuas e chegando a inovação pedagógica propriamente dita, conforme ressalta Silva ou Barrinha (2018) responsável pela apresentação do livro e autor de um dos artigos que compõem a produção. Assim, a obra apresenta uma proposta de mudança para prática educativa como iniciativa de mudança abertura para novas políticas públicas que direcionam para um novo caminhar educacional. O livro divide-se em duas partes, a primeira aborda A INOVAÇÃO PEDAGÓGICACOMO: uma forma de mudança de paradigma que consiste na substituição de práticas pedagógicas obsoletas por estratégias de ensino que privilegiem ao mesmo tempo a formação de um sujeito crítico, dotado de autonomia, que se reconheça e ao outro como cidadão, incerto em uma sociedade do conhecimento e da informação. A 2ºPARTE direciona AS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS INOVADORAS no contexto da: Escola Indígena (Ensino Fundamental e Médio Maria Venâncio); Escola Waldorf (Escola Waldorf Micael); Movimento Social (Orquestra Criança Cidadã dos Meninos do Coque); Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (Escola Estadual de Ensino Médio Francisco Araújo Barros); Comunidade Quilombola; Creche Escola Vida de Criança e Programa Alfabetização na Idade Certa.

Palavras-chave: Inovação; Educação; Prática educativa.


EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO DE PROFESSORES: CONCEPÇÃO, CONTEXTOS E PRÁTICAS

Organizadoras:DUVERNOY, Doriele Andrade; FERRAZ, Cleide Maria; VIDAL, Odaléa Feitosa Editora: Edupe
Cidade: Recife
Ano: 2018

Resumo: Esta obra penetra no coração do Campus Mata Norte da Universidade de Pernambuco, que conta com 7 cursos de Licenciatura, e apresenta a produção científica realizada pelos docentes desta instituição, demonstrando a vocação deste campus para a formação docente. Apresentamos textos que evidenciam concepções, contextos e práticas em Educação, revelando a multiplicidade de convergências temáticas e teórico-metodológicas das investigações científicas e o permanente diálogo de nossa equipe docente com os principais desafios da educação e da formação docente no país. As organizadoras têm o prazer de trazer textos que buscam aprofundar questões atuais e inerentes à educação e à formação docente, com o desejo de que esta obra sirva de instrumento formativo para professores e futuros professores, alimentando os debates acerca da profissionalização docente no contexto atual. Reafirma-se assim nosso compromisso em contribuir para a produção e divulgação científica no campo da Educação. A relevância temática desta obra é dada pela necessidade de discutirmos de maneira multidimensional a Educação e Formação de professores, revelando assim as concepções que emergem na atualidade, as particularidades de contextos e as multiplicidades de práticas, tanto na Educação Básica como na Educação Superior, em espaços formais e não formais de Educação.


PESSOAS COM NECESSIDADES ESPECIAIS NO CINEMA

Organizadoras(es):Margareth Diniz, Mônica Maria Farid Rahme, Inês Assunção de Castro Teixeira, José de Sousa Miguel Lopes Editora: Fino Traço/ Belo Horizonte/MG
Ano: 2018

Resumo: O livro é composto por nove artigos sobre filmes que abordam a vida de pessoas com necessidades especiais, cujas histórias se contextualizam em diferentes tempos, espaços e culturas. O livro evidencia a riqueza presente no percurso dos protagonistas dos filmes.

Palavras-chave: Pessoas com necessidades especiais. Cinema e pessoas com necessidades especiais. Educação e Cinema.


PAULO FREIRE: CULTURAS, ÉTICA E SUBJETIVIDADES NO ENSINAR E APRENDER

Organizadores: Eduardo Jorge Lopes e Roseane Maria de Amorim Editora: CCTA
Ano: 2018

Resumo: A organização desta produção, PAULO FREIRE: culturas, ética e subjetividades no ensinar e aprender, nasceu de desafios concretos surgidos no cotidiano das salas de aulas e das pesquisas realizadas por professores-pesquisadores. A obra reúne artigos de professores de graduação e pós-graduação, alguns em autora com ex-orientandos de cinco universidades do nordeste brasileiro (Universidade Federal da Paraíba; Universidade Federal de Alagoas; Universidade Federal de Pernambuco; Universidade Federal do Rio Grande do Norte; e Universidade do Estado do Rio Grande do Norte) e a Universidade de Granada/ Espanha. São artigos que versam sobre a história e a contribuição de Paulo Freire para a educação brasileira e internacional.

Palavras-chave: Paulo Freire. Ensino. Culturas.


PESSOAS COM NECESSIDADES ESPECIAIS NO CINEMA

Organizadoras(es):Margareth Diniz, Mônica Maria Farid Rahme, Inês Assunção de Castro Teixeira, José de Sousa Miguel Lopes Editora: Fino Traço/ Belo Horizonte/MG
Ano: 2018

Resumo: O livro é composto por nove artigos sobre filmes que abordam a vida de pessoas com necessidades especiais, cujas histórias se contextualizam em diferentes tempos, espaços e culturas. O livro evidencia a riqueza presente no percurso dos protagonistas dos filmes.

Palavras-chave: Pessoas com necessidades especiais. Cinema e pessoas com necessidades especiais. Educação e Cinema.


PROJETOS EM DISPUTA NA DEFINIÇÃO DAS POLÍTICAS DA FORMAÇÃO DE PROFESSORES PARA A EDUCAÇÃO BÁSICA NO BRASIL (1987-2001)

Autora: Andréia Ferreira da Silva Editora: Appris/Curitiba/PR
Ano: 2018

Resumo: O livro discute as diferentes propostas para a formação docente oriundas da sociedade civil, tanto nos aparelhos privados de hegemonia do campo do trabalho quanto do campo do capital e da aparelhagem estatal nas diversas conjunturas que marcaram os anos de neoliberalismo no País. Estuda como o Estado, em sentido estrito, e a sociedade civil manifestaram e defenderam suas proposições no bojo das disputas entre os projetos democrático de massas e liberal-corporativo. Na consecução desses objetivos, fundamentou-se nos elementos constitutivos da teoria de Estado de Antônio Gramsci. Estão contemplados aqui o estudo dos principais marcos de definição das políticas educacionais no País e, mais especificamente, para a formação de professores, no período de 1987 a 2001, concebidos como parte dos processos de construção da hegemonia neoliberal e das lutas contrárias à hegemonia desse projeto: processo constituinte (1987-1988), elaboração da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (1988-1996), tramitação do Plano Nacional de Educação (1997-1998) e discussões em torno da aprovação das Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação de Professores da Educação Básica (2001). Esses processos são examinados com informações e riqueza de detalhes sobre sua tramitação, propostas, sujeitos, coletivos e individuais, e embates travados. O estudo está fundamentado em ampla pesquisa bibliográfica, em rigorosa pesquisa e análise de documentos, bem como na realização de entrevistas com sujeitos que participaram desses processos. Certamente, nesse ponto, situam-se as principais contribuições da obra, um olhar crítico em relação às políticas de formação de professores no Brasil nas últimas décadas do século XX e início do século XXI.

Palavras-chave: Estado ampliado; aparelhos privados de hegemonia do campo da educação; propostas para a formação de professores no Brasil.


DIÁLOGOS INTERDISCIPLINARES E TEMAS EMERGENTES NA PRODUÇÃO DO CONHECIMENTO EM EDUCAÇÃO

Organizadores: Ana Cláudia da Silva Rodrigues/José Leonardo Rolim de Lima Severo

Resumo: Nesse livro, reúnem-se perspectivas plurais através das quais são situadas discussões que atualizam referências sobre como se organiza a produção de conhecimento de grupos de pesquisa em Educação vinculados à Programas de Pós-Graduação do campo. Integram-se a essas discussões um amplo espectro de temas emergentes oriundos de investigações empíricas e ensaios teóricos em torno da educação em diferentes contextos. Para esse fim, pesquisadoras(es) aportam contribuições a partir de suas trajetórias e interesses de pesquisa, enfocando uma variedade de questões e temas que se desdobram em quatro partes: I) Estado do conhecimento da Pesquisa em Educação no Nordeste; II) Políticas de Educação no Brasil Contemporâneo; III) Sujeitos e práticas educativas; IV) Corpo e diferença em Educação.


POLÍTICAS PÚBLICAS DA EDUCAÇÃO SUPERIOR: gestão, avaliação e financiamento

Organizadora: Edineide Jezine, Maria da Salete Barboza de Farias, Maria das Graças Gonçalves Vieira Guerra.
Editora: Editora UFPB / João Pessoa
Ano: 2018

Resumo: O livro contempla a produção acadêmica do Mestrado Profissional em Políticas Públicas, Gestão e Avaliação da Educação Superior – MPPGAV da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), em que mestrandos com seus respectivos orientadores/professores apresentam os resultados de pesquisas. A parte I da coletânea contempla artigos relacionados à temática “Políticas Públicas para a Educação Superior” e a Parte II, “Avaliação e Financiamento da Educação Superior”.

Palavras-chave: Educação Superior. Gestão. Avaliação. Financiamento.

Organização

Confira quem está promovendo e organizando o evento

Realização

Confira quem está realizando o evento